2o. Talkshow VerCiência no Museu do Amanhã
Um bate-papo entre Stevens Rehen (cientista) e Sergio Brandão (jornalista), sobre aplicações das células tronco, "mini-cérebros" e a medicina personalizada do futuro, no Observatório do Amanhã, em 11 de junho de 2016.

Em outubro do ano passado, a comunidade científica comemorava um feito inédito: pesquisadores conseguiram criar, na Califórnia, neurônios “adultos”, com idade igual à dos doadores das células usadas para fabricar estas células-tronco. Antes disso, neurônios produzidos em laboratório, mesmo a partir de células de pessoas idosas, sempre “rejuvenesciam”: perdiam os padrões químicos que ditam a idade no DNA celular. O feito abriu a possibilidade de se pesquisar doenças degenerativas como os males de Parkinson e Alzheimer com muito mais detalhe, possibilitando a pesquisa, em laboratório, dos efeitos do envelhecimento sobre o cérebro humano. 

Outra notícia que também causou burburinho na pesquisa em neurociências foi o desenvolvimento, em fevereiro deste ano, de “mini-cérebros” -- pequenos aglomerados de neurônios que podem ser o próximo passo no teste de remédios no mundo todo. Os mini-cérebros poderiam, também, ser o estágio anterior à pesquisa em animais, poupando milhões de camundongos utilizados em pesquisa todos os anos. 

Estes desenvolvimentos iluminam novas possibilidades na pesquisa científica e podem revolucionar a forma como testes são feitos, proporcionando a observação de reações a determinadas substâncias com muito mais detalhe. Como será a pesquisa científica em áreas como a neurociência no futuro? O que se pode esperar com estas novas possibilidades e que janelas abrem? Como é o dia-a-dia e o processo criativo de quem faz pesquisa biomédica de ponta?

Para conversar sobre o tema, o Museu do Amanhã convida Stevens Rehen, professor titular do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ICB-UFRJ). Rehen é pesquisador do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino e coordenador do Projeto de Criação do Biobanco de Células-Tronco de Pluripotência Induzida (iPS) do Ministério da Saúde. Ele falará no Observatório do Amanhã no sábado, dia 11/06, às 15h, no talkshow “Mini-cérebros de laboratório: uma revolução na medicina?”, mediado por Sergio Brandão, Curador Internacional da Mostra VerCiência, diretor-geral da produtora VideoCiência e co-criador do Globo Ciência.

Veja abaixo os programas de entrevistas da série UAU! que Stevens Rehen gravou, como apresentador, para o webcanal tVCiencia.net, da VideoCiência, com direção de Sergio Brandão:

VerCiência 2016 - 22ª Mostra Internacional de Ciência na TV
.
Realização: Mediatech Emprendimentos Educacionais / VideoCiência Produções
Todos os direitos reservados © 2010 - Site: SGP