Raio laser e fibra ótica: a revolução da fotônica

Quando nos utilizamos de uma leitora de código de barra em um supermercado ou nos comunicamos com qualquer parte do mundo via internet, fazemos uso de tecnologias  desenvolvidas pela fotônica.  Um campo recente da pesquisa científica foi tema da Mostra VerCiência – Física pra quê?, realizada pela Casa da Ciência da UFRJ na quinta-feira, dia 3 de novembro. O apresentador-debatedor convidado foi o físico Paulo Américo Maia Neto. Professor titular do Instituto de Física da UFRJ, Paulo Américo é profundo conhecedor da revolução tecnológica no campo das telecomunicações e tecnologias de informação deflagrada com a invenção do laser e da fibra ótica no final do século XX.

O uso da luz para executar funções antes só exercidas por equipamentos eletrônicos expandiu suas aplicações. A fabricação cabos de vidro muito puro com a espessura de fios de cabelo, chamados de fibra ótica, permitiu a transmissão de luz concentrada de laser a grandes distâncias e, junto com ela, a possibilidade de codificar informações numa velocidade quase instantânea.

Esses recursos hoje asseguram o sucesso das bandas largas em internet e estão presentes, por exemplo, em equipamentos médicos de laparoscopia, de cirurgia cardíacas e oculares, remoção de tatuagens etc. Segundo o professor Paulo Américo, também encontram-se aplicações na medição de tempo e frequência; na manufatura industrial, com o uso de laser para perfurar e cortar superfícies; na navegação, controle e comando de dispositivos militares e até no entretenimento, em shows de laser e arte holográfica.

No último dia 21 de outubro foi celebrado por mais de 60 instituições ligadas à pesquisa e desenvolvimento na área o “Dia Internacional da Fotônica”, atestando sua investigação científica em nível mundial.

O encontro com o pesquisador Paulo Américo foi acompanhado de vídeos e experiências apresentadas no próprio auditório da Casa da Ciência. A mediação do talkshow foi do curador nacional da Mostra VerCiência, José Renato Monteiro, como parte das atividades da exposição Descubra e Divirta-se, que permanece aberta ao público até dia 18 de dezembro de 2016.

Paulo Americo Maia Neto

Doutor em Física pela PUC-Rio (1991), é professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Cientista do Nosso Estado da FAPERJ e co-editor da revista EPL.  

Foi professor ou pesquisador visitante nas instituições Ecole Normale Superieure, Université Pierre et Marie Curie, Kavli Institute of Theoretical Physics, Los Alamos National Laboratory e Universidade Federal de Pernambuco.

É autor ou co-autor de dezenas de artigos científicos na área de Ótica Quântica.

Exposição Descubra e Divirta-se – 7 de abril a 18 de dezembro de 2016

terça a sexta - 9 às 20h / sábados, domingos e feriados - 10 às 20h / fechada às segundas

Toda primeira quinta-feira do mês, até dezembro, Mostra VerCiência - Física pra quê?

Fotônica – uma questão de ótica

Dia 3 de novembro de 2016 , às 19 horas.

Entrada Franca

Local: Rua Lauro Müller, 3, Botafogo, RJ

Tel: (21) 3938-5444www.casadaciencia.ufrj.br

.
.

VerCiência 2017 - 23ª Mostra Internacional de Ciência na TV - de 23 a 29 de outubro
.
Realização: Mediatech Emprendimentos Educacionais / VideoCiência Produções
Todos os direitos reservados © 2010 - Site: SGP