Sessão Especial VerCiência no Museu do Amanhã
"Evolução Depois de Darwin: Bill Hamilton e os Genes Imortais"

Desde sua inauguração, o Museu do Amanhã em parceria com o Projeto VerCiência, tem participado do Dia de Darwin, uma iniciativa internacional para celebrar e divulgar a Teoria da Evolução de Charles Darwin, como uma das mais reveladoras descobertas científicas de todos os tempos.

Em seu livro A Origem das Espécies, publicado em 1859, Darwin atribuiu a razão da existência de tantas espécies diferentes de animais e plantas a uma luta incessante pela sobrevivência, no processo que ele chamou de seleção natural. Nessa luta, só sobrevivem os indivíduos que conseguem vencer os desafios para se alimentar, crescer e deixar descendentes.
Os conhecimentos científicos existentes à época de Darwin não eram suficientes para explicar alguns aspectos da Teoria da Evolução que só foram elucidados após sua morte, por outros cientistas. Darwin, por exemplo, teve dificuldade para encaixar o altruísmo na seleção natural, ao observar indivíduos cuidarem e até arriscarem a própria vida para salvar a de outros.
Dentre os cientistas depois de Darwin que mais contribuíram para aprimorar a Teoria da Evolução, Bill Hamilton (1936-2000), é considerado um dos mais geniais. Ele foi o primeiro a demonstrar - matematicamente - que a seleção natural na verdade se passa no nível dos genes (e não dos indivíduos e das espécies). E assim ele conseguiu dar uma explicação para o altruísmo baseada na sobrevivência dos genes, tema aprofundado por Richard Dawkins no livro O Gene Egoísta (The Selfish Gene).

Apaixonado pela floresta amazônica, Bill Hamilton vinha constantemente ao Brasil fazer pesquisas na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, perto da cidade de Tefé, no Amazonas, que ele considerava um laboratório natural para suas pesquisas.
Numa dessas vindas, em 1994, Sergio Brandão, jornalista científico e curador internacional do Projeto VerCiência acompanhou e entrevistou Hamilton na floresta inundada em Mamirauá, no Amazonas.

Trechos dessas entrevistas e imagens inéditas de Bill Hamilton foram exibidos pela primeira vez em público, na Sessão Especial VerCiência no Museu do Amanhã, no domingo, 15 de abril. Além da exibição dos vídeos, Sergio Brandão conversou com três pesquisadores apaixonados pela Teoria da Evolução sobre a importância das contribuições científicas de Bill Hamilton sobre altruísmo e outros temas relacionados (veja a gravação do Sessão aqui). São eles os Professores Doutores Gastão Galvão, Doutor em História da Ciência e Epistemologia pela UFRJ e Ricardo Campos da Paz, Doutor em Zoologia pela USP, Professor e Pesquisador de Evolução da UNIRIO e Nélio Bizzo, Professor de Biologia e Evolução da USP.

Público alvo: estudantes a partir do 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Professores e estudantes de Biologia. Interessados em cultura científica em geral.

Inscrições gratuitas no site do Museu do Amanhã.
Trecho de uma das entrevistas gravadas por Sergio Brandão com Bill Hamilton em Mamirauá, em 1994
.
Documentário sobre Bill Hamilton (em inglês):
Secrets of the Clouds

.
VerCiência recomenda: evolução para principiantes
.

VerCiência 2018 - 24ª Mostra Internacional de Ciência na TV - de 15 a 21 de outubro
.
Realização: Mediatech Emprendimentos Educacionais / VideoCiência Produções
Todos os direitos reservados © 2010 - Site: SGP